domingo, 18 de fevereiro de 2018

Ovos Benedict


Há tempos devia esse preparo em casa...

Sempre priorizando outras coisas, acabava adiando.
Chegou a hora de pagar a dívida. 
Divinamente. <3

Ovos Benedict estão quase sempre presentes em Brunchs e parecem simples de preparar mas, é preciso ter cuidado, especialmente com o molho holandês.
O nosso ovo foi feito à moda Benedict com algumas pequenas alterações.
Ele consiste em um pão grelhado(quase sempre um brioche), mas usamos um pão caseiro integral; espinafres salteados no azeite, ovo pochê que você pode fazer dessa maneira ou pra ir sem riscos:
Forrar um copo com filme, colocar um fio de azeite, o ovo, sal, pimenta do reino e ervas (opcional); fechar bem e cozinhar em água fervente.


Prefira da primeira forma devido ao uso do plástico durante a fervura.

Continuando com a montagem:
Sobre o ovo, molho holandês e presunto cru (opcional), geralmente é usado presunto cozido e previamente grelhado.

Um bom vinho pra acompanhar.

E uma companhia ainda melhor. <3

Para o nosso molho holandês usamos:
02 gemas de ovo caipira
01 colher de sopa de limão
01 colher de chá generosa de mostarda de Dijon com mel (pode usar a que quiser)
Sal a gosto
100 ml de azeite (não tínhamos manteiga).
Modo de preparo:
Aquecer o azeite em fogo brando.
Reservar as gemas em um refratário de vidro, colocar o limão e a mostarda e emulsificar.
Levar a mistura ao banho-maria (leve uma panelinha ao fogo até que a água ferva, desligue o fogo e coloque o refratário sobre ela sem que a água encoste nele).
Bata vigorosamente a mistura e vá adicionando o azeite amornado em fios.


Não pare de bater até que o creme esteja espesso mas líquido. Cuidado com a temperatura da água, que também não pode esfriar.
Sirva o molho sobre os ovos imediatamente após o preparo.



quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Ceia Natalina e Reveillon



Olha que delícia! 

Pensamos em um cardápio todo especial para as festas de final de ano. 
🎅🎅🎅🎅 


Ele está repleto de saborosos pratos e sobremesas!
Confere só!

Está difícil escolher!






Encomendas até 18.12. 
Aceitamos cartões Visa e Master.


Não deixe pra última hora. 
Temos opções veganas, sem glúten e muito mais!

domingo, 1 de janeiro de 2017

O primeiro dia do ano!

Primeiro, meus cumprimentos!
Fechamos mais um ciclo e, hoje, começamos outro.
Os ciclos são muito importantes em nossas vidas e essa energia fantástica e coletiva do final do ano é realmente contagiante.
Levei mais de 36 anos pra descobrir que de nada adianta o romper dos anos se eu mesma não tiver uma proposta de renovação. E aqui não estou falando sobre as intermináveis listas que preparamos com coisas mirabolantes que muitas vezes não começamos (ou recomeçamos) nunca.
Venho falar sobre algo que a cada dia se faz mais presente em minha vida. Estou falando sobre a transformação que se processa em todos nós diariamente, o recomeçar, o dia seguinte, a nova chance.
Vejo muitas pessoas reclamando da vida e me pergunto constantemente o que estamos fazendo pra transformar isso? 
Minha mãe sempre me disse que quando nada está bom não é o mundo que não presta, é algo dentro de nós que deve ser mudado.
Precisamos entender que a mudança que desejamos ver no mundo deve partir de nós.
Mas há os que vão pensar: de nada adianta pois eu posso melhorar mas o outro vai continuar cometendo delitos, sendo rude, mesquinho... Mais uma vez eu afirmo, quando a gente muda, o mundo muda.
Precisamos de bons hábitos, gentilezas, compaixão, caridade, perseverança, fé e muito, muito amor.
O amor nos transforma!

Acredito muito na energia que depositamos nos alimentos quando o estamos preparando.
Pra comemorar esse primeiro dia do ano, preparei pra minha família um pão de alecrim com muitos sentimentos de Luz.


Tenho retomado algumas leituras (e acabo lendo muito sobre comida, hábitos e psicologia) e a cada página que viro me inspiro pra um prato.
Hoje de manhã, a página que o universo me preparou foi a do pão.
Alimento milenar, preparado para oferenda a deuses em agradecimento pelas colheitas. Pode ser feito de inúmeras formas com os mais variados ingredientes. 
O pão já foi até mesmo meio de troca. 
Supõem-se ser o precursor do bolo (outra coisa que amo fazer). Segundo o livro Cozinhando com os Deuses, o bolo é uma derivação do pão com adição de ingredientes mais nobres.


Presentear com alimentos, especialmente com pão, cria laços de amizade e afeto.
"Quem presenteia com pão caseiro, simboliza, num gesto simples, a perpetuação da integração do homem com a natureza e com seu semelhante"
E o que podemos dizer do alecrim? 
Essa erva maravilhosamente perfumada que tem o poder de espantar o desânimo? 
Fica perfeita em assados, com batatas e no pão... ahhhh, fica divino.


Acabamos tendo que retirar o pão do forno um pouco antes do momento correto mas ele ficou igualmente saboroso e foi divinamente partilhado por nós.

Feliz Ano Novo! Feliz Você Novo!


Inspirações: Cozinhando com os Deuses, a relação dos Deuses de dos Astros na Culinária de Jussara Machado.